Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

StartApps

Um blog de Teresa Noronha sobre Startups, Apps e empreendedorismo em português.

À Conversa #5: App Cuckuu

O Web Summit foi o contexto ideal para conhecer a equipa da App Cuckuu. Já tinha descarregado a aplicação e já tinha criado o meu utilizador. Uma nova rede colaborativa centrada em eventos ou despertares. O que pode levar à sua utilização? Era esta a conversa que queria ter com o João Jesus CEO da Cuckuu.

 

Cuckuu_1.jpg

 Fotografia Andreia Trindade

 

 

João, porque é que uma pessoa vai utilizar o Cuckuu?

 

Eu acho que o Cuckuu é a aplicação perfeita para toda a gente. Todos nós temos horários, todos nós temos obrigações e o cuckuu basicamente o que faz é transformar aquele alarme super chato de que ninguém gosta, numa coisa gira e social.

Acho que é essa a razão principal.

Nós queremos não nos esquecer das coisas, queremos estar em contacto com a nossa rede, mas queremos que seja engraçado e que esteja integrado numa comunidade que está ali, que é real e que na hora que precisamos dela possamos sentir que ali está. E é exatamente isso que o cuckuu faz. Permite que nós consigamos criar um alarme tão simples como o acordar, que todos nós fazemos, mas também podemos criar um alarme para ir ao ginásio, uma coisa que para mim por exemplo é super difícil. Chega aquela hora e arranjo sempre desculpas, mas se nós tivermos um alarme, um alarme que envolve outras pessoas, amigos, uma comunidade e que lá estamos todos a motivar-nos uns aos outros para irmos fazer o que tem de ser feito, é muito mais poderoso do que um simples alarme que toca no telefone e nos chateia, que nós desligamos e deixamos para mais tarde.

 

_DSC9593-Edit.jpg

 Fotografia Andreia Trindade

 

E como é que se utiliza? Uma pessoa instala a App cuckuu e depois?

 

Nós temos dois tipos de pessoas a utilizar. As pessoas que gostam de criar que são os content creaters que gostam de criar, de comunicar de puxar para a ação como temos no youtube e temos aquelas que simplesmente querem fazer parte da comunidade e que querem seguir.

Qualquer pessoa que queira utilizar o que tem de fazer é o download da App que é completamente gratuita e aí vai encontrar o suporte disponível para Android e iOS, também na Apple watch. Fazemos download em qualquer das Apps stores, a primeira coisa que aparece é para fazer um login. Podem fazer login pelo facebook que é o mais fácil e automaticamente quem entra dentro da App nós recomendamos os amigos a quem já estamos ligados via facebook, a partir do momento que estamos lá dentro é muito fácil:

  • Para os criadores de conteúdo, selecionam a opção de criar um alarme, escolhem o dia e a hora, escolhem o nome para o alarme e depois podem expor o conteúdo, desde fotos, vídeos, link para um blog, link para uma página, podemos gravar automaticamente no telefone. Todos os suportes que queiram utilizar pensamos que estão disponíveis;
  • Para quem queira fazer parte, é muito fácil, temos um botão de explore, onde as pessoas podem explorar todos os cuckuus que existem e caso estejam interessados podem juntar-se, basta carregar num botão. A pessoa chega ao alarme, por exemplo o das 8:00h da manhã para acordar e vai encontrar vários alarmes lá do mesmo género. Desde os Alarmes da MTV, que têm conteúdos do breackfast club, até outras pessoas da comunidade que querem fazer alguma partilha e nós clicando num botão muito simples como temos nos alarmes do nosso telefone juntamo-nos ao alarme. Naquele dia, naquela hora, o alarme selecionado dispara e temos a noção que estamos a partilhar um momento numa rede. Pode ser um momento bem mais divertido.

 

Qual é o público alvo desta aplicação?

Nós achamos que é uma aplicação que tem utilidade para quase toda a gente, mas neste momento estamo-nos a focar na geração mais jovem, porque também é a geração que tem mais tempo para estar a partilhar todas as coisas em sociedade, dentro de um grupo. Focamo-nos na faixa etária entre os 13 e os 18 anos, mas temos marcas como o ginásio Fitness Hut, agora vamos ter o Benfica e aí começa a haver interesse para um público mais crescido.

A Faixa do foco por natureza gosta de partilhar o seu dia a dia, a sua rotina, fazer parte de um grupo de amigos e é por isso que nos estamos a focar mais.

 

 

_DSC9603-Edit.jpg

 Fotografia Andreia Trindade

 

 

Neste momento quantas pessoas estão já em rede a utilizar a App?

Neste momento já houve perto de 45.000 downloads da App, temos cerca de 35.000 utilizadores. O tem acontecido e que nos tem surpreendido é que a utilização vai muito para além de um alarme ao acordar, as pessoas em média, estão a usar alarmes mais de 7 vezes ao dia, ou seja, já começam a criar alarmes para muita coisa.

Temos um grupo de mulheres que cria alarmes para tomar a pilula, temos um grupo de pessoas que metem alarmes para irem passear o cão. Enfim… As coisas já começam a ser das mais variadas. Temos muitos blogs e youtubers que usam aquilo quando estão a libertar posts ou vídeos nos canais, então já começa a haver uma diversidade grande da utilização.

 

 

Qual é o modelo de negócio da Cuckuu? Como é que rentabilizam este produto?

Neste momento ainda estamos focados em crescimento, ainda não estamos a monitorizar nada, vamos no futuro à base de publicidade que nunca vai ser evasiva, que aparece na parte final dos alarmes, quando estamos a ver os pontos que temos. O Cuckuu acaba por ser um jogo porque nós damos pontos às pessoas que são mais rápidas a abrir o alarme e no fim vai haver um anúncio de publicidade. Vamos também ter alguns conteúdos exclusivos que a pessoa pode ter um membership, seguir uma pessoa e ter ali conteúdos exclusivos e a pessoa paga um pequeno valor, mas o nosso principio é que a App seja sempre gratuita. Neste momento como falamos ainda não estamos nesta fase, estamos na fase de crescimento com investimento e o objetivo é estender a rede o máximo possível.

 

Porque é que se têm tornado uma das Startups mais mediáticas, em torno do Web Summit?

Eu acho que há vantagens e desvantagens de todo o nosso percurso. Já tivemos muitas desvantagens por não termos feito o percurso tecnológico e por não sermos developers. A equipa vem toda da área da publicidade, fotografia, blogging e se há alguma coisa que nos destaca e que sabemos fazer bem é passar a mensagem.

Somos ativos nas redes sociais, aparecemos, fazemos parte da comunidade. Nós acreditamos no karma, acreditamos que devemos ter uma boa relação com as outras startups e tentamos ajudar ao máximo. Isso tem feito com que quando falem da comunidade de startups falem de nós.

Tentamos estar presentes, não só por estar mas estar presentes com um intuito por alguma razão e acho que tem funcionado bem a forma como temos tentado crescer. Não é crescer muito rapidamente, temos tentado crescer com uma base e então temos estado com muitos bloggers muitos youtubers, criadores de conteúdos e isso tem ajudado também a estarmos mais mediáticos.

 

Quais são as Apps de referência para a Cuckuu?

Spotity, adoramos e inspiramo-nos muito no design da spotify, achamos que é muito clean.

Gostamos muita da utilidade do snapchat e achamos mesmo que para o nosso público alvo, tem muito a ver e é muito relevante.

Gostamos muito do Vine, que sabemos que vai acabar e estamos super tristes.

Mas são Apps que nós gostamos muito da maneira como funcionam e da forma como criaram uma comunidade.

Há também uma App que muitas pessoas gozam e que quando dizemos que temos no nosso smartphone para research as pessoas dizem, sim sim “deve ser mesmo só para investigação”, que é o Tinder.

Consideramos que o Tinder é uma App muito engraçada, a forma como se cria a comunidade, a forma como faz com que as pessoas interajam, a maneira como tem estado a evoluir e a começar a fazer dinheiro, tudo isso nos inspira.

 

_DSC9615-Edit.jpg

 Fotografia Andreia Trindade

 

Eu já criei o meu perfil e já comecei a estar presente na App Cuckuu e vocês?

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Novembro 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

BlogsPortugal

Google Analytics