Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

StartApps

Um blog de Teresa Noronha sobre Startups, Apps e empreendedorismo em português.

Reciclar manuais escolares

book-624x306.png

Se não sabe o que fazer aos manuais escolares que os seus filhos deixaram de usar, ou se gostaria de gastar menos na aquisição dos próximos, a Book in Loop é uma boa opção.

 

Este movimento começa pela integração dos pais na comunidade book in loop e continua com a recolha dos livros em casa. Quando esses livros são adquiridos por novos donos, a família que os entregou recebe uma recompensa financeira.

 

Os livros têm de estar em bom estado e não podem estar escritos com marcas de caneta.

 

Este movimento para além da poupança financeira que origina a quem entrega e a quem recebe os livros, é também uma boa solução de reciclagem e de resolução de problemas de armazenamento e o espaço numa casa é sempre limitado. Mesmo que existam irmãos mais novos a probabilidade de os manuais escolares serem os mesmos ser muito reduzida.

 

O movimento book in loop deste ano letivo teve inicio a 15 de Junho, caso tenham manuais dos quais se queiram desfazer ou se encontrem à procura de opções mais rentáveis para o próximo ano que aí vem, fica a dica!

 

Vejam como funciona aqui:

 

 

Aplicação disponível em WebApp, iOS e Android.

Informação sobre incêndios: Fogos.pt

Escrito o ano passado... podia ter sido ontem.

 

Este Verão em Portugal, foi pautado por muitas coisas, mas uma delas infelizmente foi a quantidade de incêndios que ocorreram pelo país. Esta devastação da natureza em mim causa uma tristeza profunda, das que cala cá dentro, porque nada do que se diga vai poder alterar ou trazer de volta o que era, o que se perdeu.

  

Neste assunto incomoda-me tudo. A falta de prevenção, a falta de respeito, a falta de preocupação com o planeta e com as gerações futuras. A falta de justificação, é isso, é a ausência de justificação para a utilização destes meios com um propósito que só tem final e é ausente de boa intensão. Nestas alturas tenho dificuldade em entender o que move as pessoas a fazerem o que estão a fazer. 

  

Neste contexto foi disponibilizada a App fogos.pt. Nesta App é possível em tempo real saber quais são os incêndios que se encontram registados, qual o estado e a localização dos mesmos. É uma App útil e importante, que presta serviço público à comunidade.

 fogospt.jpg

 

Já sabem, informação credível sobre fogos, descarreguem Fogos.pt. Esperemos que não seja necessária muita utilização... 

  

Á Fogos.pt, parabéns pelo serviço que prestam e que ajuda a informar os cidadãos. Gosto destas Apps de serviço gratuito de informação.

 

À Conversa com #10: Ana Ventura da TeamOutloud

Com presença na consultoria nos últimos 15 anos, tornou-se empreendedora depois de desafiada pelo co-fundador da TeamOutloud  o Pedro. Considera que as mulheres fazem aquilo que querem e lhes interessa fazer de acordo com os seus gostos. Que o género também tem vantagens dentro do mundo da tecnologia e de Startups. É uma mulher que não se apresenta com fragilidades e que considera que todo o seu percurso veio desembocar no que é: uma empreendedora. Com a garra de quem tem uma vida ativa, considera que o mundo das Startups está a influenciar a vida no mundo. Ana Ventura é co-fundadora da TeamOuloud

 

170202_startapps_ana_ventura_c_lais_pereira-7.jpg

 

 

Ana, quando é que surgiu o empreendedorismo e as Sartups na tua vida?
Surgiu por desafio, quando o Pedro, co-fundador da TeamOutloud me introduziu no meio e começamos a pensar em soluções para apresentar ao mercado. A TeamOutloud é o nosso terceiro projeto e assim que entrei no mundo do empreendedorismo percebi que toda a minha carreira profissional e formativa vinha confluir a esta função. Foi como chegar a casa e perceber, é aqui!
 
 
Porquê uma solução de Hotelaria?
A TeamOutloud surge porque o Diretor de Recursos Humanos de uma cadeia de Hotéis nos desafiou a criar uma App que criasse uma comunidade entre os colaboradores do Hotel e funcionasse como rede social de partilhas, para promover a motivação destes recursos, cuja função depende muito da sazonalidade ao longo do tempo. Quando nos apercebemos que este tema não era especifico daquela cadeia, mas transversal a toda a realidade Hoteleira, decidimos apostar e no Web Summit de 2015 em Dublin testamos a nossa ideia, apresentando a mesma e recebendo o feedback por parte das pessoas que nos abordavam no stand e aí percebemos que havia potencial e começamos todo o processo, também com apoio nas nossas experiências de projetos realizados.
 
 
170202_startapps_ana_ventura_c_lais_pereira-23.jpg
 
 
O tratamento do empreendedorismo no feminino é tratado com diferença ou com naturalidade no dia a dia?
Hoje em dia fala-se muito neste tema, mas por exemplo quando eu entrei na consultoria, há mais de 15 anos, num grupo de 35 que entramos eramos três mulheres. Porquê?! Porque as outras mulheres não queriam fazer consultoria, queriam fazer outra coisa qualquer. Se não estão na política, se não estão mais noutras áreas, é porque valorizam outras coisas e muito bem. Eu acho que as mulheres fazer aquilo que querem fazer, que têm formação para fazer e que gostam. E também acho que no sentido de sobressair numa multidão, quer nas Startups quer na consultoria ser mulher é uma vantagem, porque automaticamente os olhos se viram para quem foge ao padrão.
Relativamente a diferenças nas Startups, até julgo que sinto mais diferença na idade. Embora existam algumas exceções a realidade do empreendedorismo é numa faixa etária muito jovem e sente-se mais que as coisas estão feitas para essa faixa etária que se vai encontrar.
 
 

Como é que define o seu percurso profissional?

Considero que foi um bom percurso, que foi por um lado natural e por outro que se complementa. Os passos que segui considero que foram os naturais face ao meu conhecimento e as circunstâncias do mercado. Estou onde gostaria de estar... precisamos escalar mais a nossa solução e gostaria de criar novos projetos. Ainda há muita coisa que gostaria de fazer. Ideias não nos faltam e sei que é por aqui.
 
A junção da TeamOutloud com outras Startups para uma solução de Hotelaria como é que surgiu?
Um dia houve esta ideia de juntar as várias startups de Hotelaria e apresentar as mesmas como um todo, para podermos num mesmo encontro apresentar as nossas várias soluções que são complementares. Assim surgiu a Hotel Up. É uma boa forma de unir esforços e multiplicar contactos. O consórcio tem como objetivo partilha de boas práticas em Hotelaria.
 
 

170202_startapps_ana_ventura_c_lais_pereira-38.jpg

 

Quais são as suas Startups e Apps de Referência?
Não sendo muito original as minhas referências são a Airbnb e a Uber. Porquê?! Porque as utilizo com frequência, porque mudaram a minha vida e porque tiveram o poder de colocar em causa os modelos de negócio instalados. Eu adoro utilizar ambas as soluções e acho que são inspiradoras para que muitas pessoas possam criar novas soluções que coloquem em causa os modelos atuais.
 
 

170202_startapps_ana_ventura_c_lais_pereira-19.jpg

 

Fotografia Lais Pereira

TeamOutloud: A Rede Social para quem trabalha em Hoteis

tol_logo1_512.png

caixa-empreender-award-2016-team-outloud-techstars

 

 

Uma rede social para quem trabalha dentro de um Hotel. Permite a troca de elogios, partilha de momentos, fotografias e avaliação de forma integrada com as redes sociais.

 

Esta é a App que está a ajudar os Diretores de Recursos Humanos dos Hoteis a motivar as suas equipas, utilizando as novas tecnologias e os hábitos de utilização das redes sociais.

 

Conheçam a App da TeamOutloud neste video.

 

 

À Conversa #5: App Cuckuu

O Web Summit foi o contexto ideal para conhecer a equipa da App Cuckuu. Já tinha descarregado a aplicação e já tinha criado o meu utilizador. Uma nova rede colaborativa centrada em eventos ou despertares. O que pode levar à sua utilização? Era esta a conversa que queria ter com o João Jesus CEO da Cuckuu.

 

Cuckuu_1.jpg

 Fotografia Andreia Trindade

 

 

João, porque é que uma pessoa vai utilizar o Cuckuu?

 

Eu acho que o Cuckuu é a aplicação perfeita para toda a gente. Todos nós temos horários, todos nós temos obrigações e o cuckuu basicamente o que faz é transformar aquele alarme super chato de que ninguém gosta, numa coisa gira e social.

Acho que é essa a razão principal.

Nós queremos não nos esquecer das coisas, queremos estar em contacto com a nossa rede, mas queremos que seja engraçado e que esteja integrado numa comunidade que está ali, que é real e que na hora que precisamos dela possamos sentir que ali está. E é exatamente isso que o cuckuu faz. Permite que nós consigamos criar um alarme tão simples como o acordar, que todos nós fazemos, mas também podemos criar um alarme para ir ao ginásio, uma coisa que para mim por exemplo é super difícil. Chega aquela hora e arranjo sempre desculpas, mas se nós tivermos um alarme, um alarme que envolve outras pessoas, amigos, uma comunidade e que lá estamos todos a motivar-nos uns aos outros para irmos fazer o que tem de ser feito, é muito mais poderoso do que um simples alarme que toca no telefone e nos chateia, que nós desligamos e deixamos para mais tarde.

 

_DSC9593-Edit.jpg

 Fotografia Andreia Trindade

 

E como é que se utiliza? Uma pessoa instala a App cuckuu e depois?

 

Nós temos dois tipos de pessoas a utilizar. As pessoas que gostam de criar que são os content creaters que gostam de criar, de comunicar de puxar para a ação como temos no youtube e temos aquelas que simplesmente querem fazer parte da comunidade e que querem seguir.

Qualquer pessoa que queira utilizar o que tem de fazer é o download da App que é completamente gratuita e aí vai encontrar o suporte disponível para Android e iOS, também na Apple watch. Fazemos download em qualquer das Apps stores, a primeira coisa que aparece é para fazer um login. Podem fazer login pelo facebook que é o mais fácil e automaticamente quem entra dentro da App nós recomendamos os amigos a quem já estamos ligados via facebook, a partir do momento que estamos lá dentro é muito fácil:

  • Para os criadores de conteúdo, selecionam a opção de criar um alarme, escolhem o dia e a hora, escolhem o nome para o alarme e depois podem expor o conteúdo, desde fotos, vídeos, link para um blog, link para uma página, podemos gravar automaticamente no telefone. Todos os suportes que queiram utilizar pensamos que estão disponíveis;
  • Para quem queira fazer parte, é muito fácil, temos um botão de explore, onde as pessoas podem explorar todos os cuckuus que existem e caso estejam interessados podem juntar-se, basta carregar num botão. A pessoa chega ao alarme, por exemplo o das 8:00h da manhã para acordar e vai encontrar vários alarmes lá do mesmo género. Desde os Alarmes da MTV, que têm conteúdos do breackfast club, até outras pessoas da comunidade que querem fazer alguma partilha e nós clicando num botão muito simples como temos nos alarmes do nosso telefone juntamo-nos ao alarme. Naquele dia, naquela hora, o alarme selecionado dispara e temos a noção que estamos a partilhar um momento numa rede. Pode ser um momento bem mais divertido.

 

Qual é o público alvo desta aplicação?

Nós achamos que é uma aplicação que tem utilidade para quase toda a gente, mas neste momento estamo-nos a focar na geração mais jovem, porque também é a geração que tem mais tempo para estar a partilhar todas as coisas em sociedade, dentro de um grupo. Focamo-nos na faixa etária entre os 13 e os 18 anos, mas temos marcas como o ginásio Fitness Hut, agora vamos ter o Benfica e aí começa a haver interesse para um público mais crescido.

A Faixa do foco por natureza gosta de partilhar o seu dia a dia, a sua rotina, fazer parte de um grupo de amigos e é por isso que nos estamos a focar mais.

 

 

_DSC9603-Edit.jpg

 Fotografia Andreia Trindade

 

 

Neste momento quantas pessoas estão já em rede a utilizar a App?

Neste momento já houve perto de 45.000 downloads da App, temos cerca de 35.000 utilizadores. O tem acontecido e que nos tem surpreendido é que a utilização vai muito para além de um alarme ao acordar, as pessoas em média, estão a usar alarmes mais de 7 vezes ao dia, ou seja, já começam a criar alarmes para muita coisa.

Temos um grupo de mulheres que cria alarmes para tomar a pilula, temos um grupo de pessoas que metem alarmes para irem passear o cão. Enfim… As coisas já começam a ser das mais variadas. Temos muitos blogs e youtubers que usam aquilo quando estão a libertar posts ou vídeos nos canais, então já começa a haver uma diversidade grande da utilização.

 

 

Qual é o modelo de negócio da Cuckuu? Como é que rentabilizam este produto?

Neste momento ainda estamos focados em crescimento, ainda não estamos a monitorizar nada, vamos no futuro à base de publicidade que nunca vai ser evasiva, que aparece na parte final dos alarmes, quando estamos a ver os pontos que temos. O Cuckuu acaba por ser um jogo porque nós damos pontos às pessoas que são mais rápidas a abrir o alarme e no fim vai haver um anúncio de publicidade. Vamos também ter alguns conteúdos exclusivos que a pessoa pode ter um membership, seguir uma pessoa e ter ali conteúdos exclusivos e a pessoa paga um pequeno valor, mas o nosso principio é que a App seja sempre gratuita. Neste momento como falamos ainda não estamos nesta fase, estamos na fase de crescimento com investimento e o objetivo é estender a rede o máximo possível.

 

Porque é que se têm tornado uma das Startups mais mediáticas, em torno do Web Summit?

Eu acho que há vantagens e desvantagens de todo o nosso percurso. Já tivemos muitas desvantagens por não termos feito o percurso tecnológico e por não sermos developers. A equipa vem toda da área da publicidade, fotografia, blogging e se há alguma coisa que nos destaca e que sabemos fazer bem é passar a mensagem.

Somos ativos nas redes sociais, aparecemos, fazemos parte da comunidade. Nós acreditamos no karma, acreditamos que devemos ter uma boa relação com as outras startups e tentamos ajudar ao máximo. Isso tem feito com que quando falem da comunidade de startups falem de nós.

Tentamos estar presentes, não só por estar mas estar presentes com um intuito por alguma razão e acho que tem funcionado bem a forma como temos tentado crescer. Não é crescer muito rapidamente, temos tentado crescer com uma base e então temos estado com muitos bloggers muitos youtubers, criadores de conteúdos e isso tem ajudado também a estarmos mais mediáticos.

 

Quais são as Apps de referência para a Cuckuu?

Spotity, adoramos e inspiramo-nos muito no design da spotify, achamos que é muito clean.

Gostamos muita da utilidade do snapchat e achamos mesmo que para o nosso público alvo, tem muito a ver e é muito relevante.

Gostamos muito do Vine, que sabemos que vai acabar e estamos super tristes.

Mas são Apps que nós gostamos muito da maneira como funcionam e da forma como criaram uma comunidade.

Há também uma App que muitas pessoas gozam e que quando dizemos que temos no nosso smartphone para research as pessoas dizem, sim sim “deve ser mesmo só para investigação”, que é o Tinder.

Consideramos que o Tinder é uma App muito engraçada, a forma como se cria a comunidade, a forma como faz com que as pessoas interajam, a maneira como tem estado a evoluir e a começar a fazer dinheiro, tudo isso nos inspira.

 

_DSC9615-Edit.jpg

 Fotografia Andreia Trindade

 

Eu já criei o meu perfil e já comecei a estar presente na App Cuckuu e vocês?

Black Friday Online ou Mobile App

black-friday_aj6s.jpg

 

 

Bem sei que o conceito não é português, que estamos a importar todo o conceito, mas se é para manter as prendas no Natal, ajuda um bocado haver assim um dia de descontos em alta.

 

Ora bem, eu espero que este ano o assunto seja bem tratado, porque se é para fazer que seja em condições e o ano passado houve campanhas que podiam ser numa outra altura qualquer. A Black-friday é esta sexta-feira, dia 25 de Novembro, e é supostamente um dia em que vale mesmo a pena fazer as compras de Natal, com mega descontões. O ano passado ocorreram algumas mega campanhas e as outras... cujo o grande desconto era fazer as entregas gratuitas!!! (Se é para isso, que também é bom, o melhor é esperar pelo Sábado, só para não baralhar os conceitos).

 

Então se estão mesmo a pensar levar isto a sério, como é que se faz em modo profissional?

  • Fazer uma lista completamente consciente dos artigos que queremos comprar;
  • Ir à loja online ou App da loja onde queremos fazer as compras e colocar com tempo e calma os artigos no cesto;
  • Colocar o despertador para as 00:00h de sexta feira;
  • Verificar o valor a pagar agora com a promoção;
  • No caso de interessar, finalizar a compra!

Para o caso das promoções realmente valerem a pena, já tenho aqui uns cestos prontos.

 

Caso tenham conhecimento de lojas online ou Apps que estejam a aderir à promoção coloquem nos comentários, que eu também vou alimentando a informação.

 

Boas compras! 

Cuckuu: Uma App colaborativa de despertares

cuckuu_logo2_press.png

 

Despertar é difícil, mas existem de facto aquelas pessoas com quem queremos partilhar despertares.

 

O conceito foi criado em torno desta problemática quando um dos co-fundadores da cuckuu deixou de poder ter ao seu lado as suas filhas ao acordar.

 

A Cuckuu é uma rede social colaborativa que pretende criar comunidades de amigos que queiram partilhar eventos, momentos e partilhas de acontecimentos que estão a promover, ou que vão participar.

 

Para entrar na rede basta fazer um registo na aplicação, e escolher os amigos com queira partilhar os seus cuckuus e eventos e seguir as pessoas ou entidades de que faça sentido receber alarmes. Podem ser grupos com o mesmo interesse, os amigos habituais, ou pode seguir os alarmes sociais, como por exemplo da mtv Portugal.

 

Para quem queira espalhar eventos, nome e marca, também há um potencial para investir nesta nova rede social.

 

_DSC9591-Edit.jpg

 

Estive à conversa com a Cuckuu no Web Summit e em breve segue toda a conversa.

 

Por agora aconselho que descarreguem a App e explorem a sua utilização.

 

Vejam aqui, o conceito e o modo de funcionar.

 

 

 

Apps de Testes de Código

Uma descoberta recente que me deixou por um lado surpreendida pela evolução da área e pela utilidade.

Testes de Codigo.png

 

Se estão a pensar tirar a carta, a forma de simulação dos exames é agora muito mais simples e automatizada. Existem várias aplicações de simulação para quem está candidato a exame de código. Os testes estão devidamente organizados por categoria de veículos e funcionam de forma automática, indicando de imediato se o aluno passou ou não, caso fosse aquele o exame.

 

As Apps disponíveis no mercado são:

- Testes de Código para Android

- A Future Driver para Android e iOS

- Exame de Código Portugal lite PT para Android e iOS

 

Na web existe ainda disponível Testes de Código Grátis.

 

No meu tempo não era assim, eram cadernos de exame e toca a escrever a lápis e a apagar. Eram bons tempos, mas esta versão parece-me muito melhor

 

PackPoint: A App para fazer as malas

PackPoint_Teresa_Final.png


 


Descobri esta App quando fui abordada por uma amiga sobre a possibilidade de criar uma App com a indicação do que levar em viagem. O cenário que ela me colocou foi: imagina uma viagem para um país longínquo, ou vários em cruzeiro. num mix de trabalho, laser, jantares temáticos e saídas a passeio pela cidade, com diferenças de temperatura entre as situações. E eu, tentada, fui logo investigar. Foi desta forma que conheci a PackPoint.


 


Fazer as malas é sempre bom, porque significa novas experiências, mas também é aquele desassossego. Se chove, se faz frio, se temos de levar roupa de passeio e formal, se vamos a eventos e espetáculos, o que vestir? E se afinal nos calha um sol escaldante de Inverno. Já vos aconteceu? A mim já. Toda esta logística fica muito mais desafiante com um bebé e apenas com 20 Kgs de bagagem. 


 


A PackPoint, está disponível em Android e iOS, e permite planear a viagem.



  • Indicamos o destino, a data, a duração da estadia e se vamos a negócio ou lazer, ou ambas;


Pack-Point-App-Inicio.jpg


 



  • Apresenta um conjunto de atividades que nos propomos fazer e se vamos repetir o básico ou usar lavandaria;


PackPoint-Actividades.png


 



  • A App apresenta a previsão do tempo para o período que selecionamos e uma lista bestial do que temos de levar, que está categorizada por: Essenciais (como o itinerário da viagem, bilhete, carregador de telemovel, etc) e uma lista para cada uma das atividades que selecionamos.


 


As listas são brutais, com muito pormenor. A lista dos items de viagem para bebés e neve, são mesmo muito úteis e tem detalhes muito úteis, como por exemplo: chave de casa, o número de peças de roupa interior, carregador do telemóvel, corta unhas, enfim, todo um mundo de coisas que só nos lembramos quando começamos a fazer a mala com alguma antecedência.


 


Pontos de melhoraria para mim é o interface gráfico da aplicação. Penso que sobretudo as listas podem ser apresentadas de forma mais apelativa, na versão android.


 


Considerada uma das melhores Apps de viagem, se vai viajar, consulte. Tenho a certeza que vai ajudar.


 



 

Lisboa Horizontal a App GPS para usar bicicleta no centro da cidade

Lisboa_H.jpg


 


 


Lisboa está a fazer um esforço para ter uma mobilidade mais eficiente. Verdade seja dita que a fatura das obras ainda está a sair cara a tantos de nós que fazemos o dia a dia em Lisboa, mas, se é para melhorar, que seja em força.


 


Com o trânsito a ficar cada vez mais caótico, muitos de nós têm adotado novas formas de nos deslocarmos. Desde o inicio da Uber que foi hoje legalizada, até à adoção de mota por muitos, têm existido mudanças deste formato para todos os gostos. Eu passei a andar a pé todos os dias, é verdade! Exceção feita para longas distâncias e percebi que realmente algo tinha mudado quando vi o meu instrutor de carta de condução a deslocar-se de bicicleta este Verão. Ao mesmo tempo que fiquei surpreendida, achei piada, foi o click que me fez assumir que de facto algo está a mudar. 


 


Para que a bicicleta seja uma opção, para além da ciclovia que está a ser feita é bom ter uma noção de qual é o melhor percurso a fazer para quem se quer deslocar de bicicleta. A Lisboa Horizontal é a App que procura a melhor rota para uma inclinação mais plana, ou seja, com a menor inclinação possível para o trajeto que se pretende efetuar dentro da cidade. Caso pretenda fazer do percurso uma forma de treino, o percurso e a inclinação pode-se ajustar ao utilizador.


 


Esta App foi a vencedora do Vodafone BIG smart cities 2015  – competição promovida pelo Vodafone Power Lab. Encontra-se disponível por agora apenas para iOS. Anunciaram já que em breve terão a aplicação disponível também para Android.


 


Além do percurso, esta aplicação permite calcular tempos, distâncias, as calorias consumidas no exercício e a quantidade de CO2 que foi potencialmente poupada por ter sido utilizada a bicicleta como meio de transporte.


 



 

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Novembro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

subscrever feeds

BlogsPortugal

Google Analytics