Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

StartApps

Um blog de Teresa Noronha sobre Startups, Apps e empreendedorismo em português.

Inviita: A Conversa

 


inviita.jpg


 (Selfie tirada por mim)


 


Na semana passada fui visitar a inviita. Encontrei uma equipa, nova, gira, a tomar o pequeno almoço pela fresquinha, com muito boa onda. Gente cheia de garra, ideias, muito trabalho e boa conversa.


 


Começamos pela história e o inicio desta ideia. A Joana Baptista e o Bernardo Véstia trabalhavam numa consultora (onde por curiosidade também trabalhei) e numa saída, começaram a imaginar um cenário de vida alternativo. Curiosamente a ideia inicial, era criar uma Guest House para receberem pessoas e criar roteiros personalizados para quem quisesse ter uma boa experiência em Portugal. Depois alteraram a ideia para a encaixar na sua atividade profissional e surgiu a ideia de criar uma App de roteiros de viagem de âmbito internacional.


 


 Ao Bernardo e Joana juntaram-se o João Bernardo e a Natacha Parreira para concorreram ao concurso Vodafane Big Apps em 2014 com os roteiros de Lisboa como protótipo para iPad e foram os vencedores. Ganharam assim um período de incubação na Power Lab (http://labslisboa.pt/vodafone-power-lab/) + 10.000 €.


 


A evolução da aplicação de acordo com o Bernardo, teve tudo a ver com o feedback que foram obtendo. Em Outubro de 2015 lançam a primeira versão da App já com “o lado emocional”. Foram considerados duas vezes Best New App, 1ª após o seu lançamento e depois após o lançamento de novas funcionalidades em 37 países.


 


O download da aplicação disponível para iPhone faz-se aqui: https://itunes.apple.com/app/id1033273698


 


Consideram que a componente social veio trazer dimensão à aplicação, assim como conteúdos para o comum cidadão.


 


Disponibilizam atualmente novas atualizações de 15 em 15 dias, utilizam metodologia Scrum e uma forte componente analítica sobre os acessos dos utilizadores para poderem desenhar o futuro da solução.


 


O próximo passo deste produto é construir a versão Android e Web da aplicação. Atualmente já é possível fazer reservas turísticas de atividades através da aplicação no site: http://activities.inviita.com . O futuro passará garantidamente por uma aposta contínua de funcionalidades na vertente colaborativa e de personalização de conteúdos da aplicação.  Atualmente a inviita criou a pagina: Inviita CityGuideBot @Twitter e basta enviarem o nome da cidade que queiram visitar, para receber uma sugestão de roteiro. Aqui fica a minha.  Era menina para passar um dia a fazer isto!


 


inviita cityGuideBot.png


 


 


As Apps de referência da equipa são: Instagram + Pinterest + Spotify.


 


Inviita que continuem a ser um sucesso, apesar de todo o esforço e dificuldades que se sabe que uma startup tem, por mais que seja acarinhada em Portugal. Meninos crescidos, a fazer Portugal passar no IT por todo o mundo, que continuem assim, a ser um orgulho nacional.


 


Outros artigos sobre a inviita:


http://observador.pt/2016/04/18/inviita-app-portuguesa-conquistou-apple-duas-vezes/


https://www.dinheirovivo.pt/fazedores/inviita-um-roteiro-de-viagem-a-medida-e-a-prova-dos-seus-humores/


http://pplware.sapo.pt/smartphones-tablets/apple-elege-inviita-como-a-melhor-app-da-semana/


 

Cabify: A Experiência

Sessão Teresa Noronha_ Isabel Saldanha Photograp


 (Fotografia: Isabel Saldanha)


 


Hoje foi dia de descobrir a oferta Cabify. A Cabify é outra operadora de serviço de passageiros que assenta numa plataforma mobile. É considerada a Uber Espanhola, dado ser muito semelhante no conceito.


 


Fui descobrir as diferenças, com o intuito de partilhar a experiência.


 


Percebi que a principal diferença é que a Cabify não utiliza o conceito de tempo, apenas o de distância. O que é isso quer dizer? Quer dizer que é sempre necessário indicar o local de destino antes de iniciar a viagem e pedir o serviço, porque o valor da viagem não vai ser alterada pelo tempo que a mesma irá demorar. Ou seja, um percurso com a mesma distância terá sempre o mesmo valor.


 


Relativamente a diferenças, existe a possibilidade de utilização de cartão de débito, para além do cartão de crédito e paypal para efetuar o pagamento, que é obrigatoriamente feito via aplicação.


 


O Carro foi um BMW, impecável e o condutor foi de facto muito prestável, super educado e falou bastante sobre o modo de trabalho da Cabify.


 


Em números, para o mesmo percurso, no mesmo horário demorou cerca de 4 minutos a chegar, mais tempo que o mytaxi, menos tempo que a uber, foi o mais barato de todas as opções experimentadas, menos 0,10 cêntimos que a Uber.


 


Funcionalidades:



  1. Fazer download da aplicação que se encontra disponível para Android, iPhone;

  2. É necessário registar os seus dados na Aplicação;

  3. A aplicação pergunta se pode utilizar a localização. Eu respondi que sim.

  4. Aparece o Mapa com a localização e a indicação desse local como ponto de partida;

  5. Podemos optar por selecionar a viagem para agora ou fazer reserva;

  6. De seguida é pedido o preenchimento do local de destino e caso queira, existe a possibilidade de enviar uma mensagem (indicação) ao motorista.

  7. De seguida seleciona-se a opção: Peça o seu Cabify;

  8. Surge a indicação do motorista, com nome e número de telemóvel e a indicação do carro, com a marca e a matrícula.

  9. De seguida surge o valor do serviço, que é o valor total e efetivo.

  10. No final pedem a avaliação do motorista e da aplicação.


 


Vantagens:



  1. O facto de trabalhar apenas a distância e não o preço, tem a vantagem do trânsito não influenciar o preço, o que torna o serviço mais barato.

  2. O facto de atualmente estarem a utilizar BMWs é um toque de luxo para um serviço a um preço muito muito atrativo.


 


A melhorar:



  1. O GPS da Cabify, tal como o da Uber não é exato. Eu como peço a chamada para uma rua secundaria de Lisboa consigo bem verificar estar situação nesta experiência. O meu conselho: invistam no GPS da cidade. Vão precisar e nós também!


 

Uber ou MyTaxi: O Dilema da Mobilidade na cidade (Fim)

Sessão Teresa Noronha_ Isabel Saldanha Photograp


 (Fotografia Isabel Saldanha)


 


Olhando para trás, sinto que gostei desta aventura que a fiz da forma mais isenta que consegui.


 


Nas minhas experiências eu utilizei o Serviço MyTaxi e Uber, no mesmo local, para o mesmo percurso, à mesma hora, em dias diferentes.



  • Sendo este um blog sobre Apps, a primeira apreciação é para as funcionalidades da aplicação:

    • No MyTaxi é possível:

      • Registar e utilizar a aplicação sem precisarmos de cartão de crédito ou paypal;

      • Pedir reserva com um máximo de 4 dias de avanço (sujeito à disponibilidade), com indicação do endereço de destino;

      • Indicar se pretende condutor habitual;

      • Táxi de 5 estrelas;

      • Táxi tipo carrinha;

      • Viagem ao aeroporto;

      • Animal de pequeno porte;

      • Corrida de estafeta;

      • Táxi ecológico;

      • Pagar por multibanco, visa & Mastercard ou dinheiro ou através da aplicação.

      • Receber a indicação do tempo de chegada previsto do táxi e o valor aproximado do pagamento.



    • Na Uber é possível:

      • Registar e utilizar a aplicação com cartão de crédito ou paypal;

      • Indicar se pretende serviço uberX (normal), uberGREEN (carro escológico) ou uberBLACK (carro de gama superior);

      • Permite registar novos cartões de crédito ou paypal para pagamento;

      • Permite partilhar percursos e custo da viagem;

      • Existe a possibilidade de ganhar créditos enviando mensagem de desconto para os amigos;

      • Receber a indicação do tempo de chegada previsto do táxi e o valor aproximado do pagamento.






Tempo de Resposta da Aplicação é GPS é francamente melhor o da MyTaxi comparativamente com o da Uber, de acordo com a minha experiência.


 


Relativamente ao Serviço.



  • Esperei 1 minuto pelo MyTaxi, 6 minuto pela Uber;

  • O MyTaxi foi buscar-me exatamente onde me encontrava, na aplicação da Uber o GPS não indicou corretamente a minha localização e demorou mais 5 minutos a resolver a situação;

  • Condutores: Em ambas as situações foram pessoas com conversas convenientes, com quem falei sobre o modo de trabalhar com as aplicações e que se mostraram simpáticas e prestáveis. No trato acho que estes profissionais se distinguem dos tradicionais, para melhor.

  • Em ambas as situações os carros estavam em bom estado e muito limpos. Concretamente o carro do MyTaxi era melhor e tinha teto panorâmico, o que faz diferença.

  • Preço: MyTaxi: 6,30€ e Uber:3,51 € e este é um grande fator. O valor do serviço da Uber acabou por ser aproximadamente metade do valor do MyTaxi.


 


Espero que o relato da minha experiência tenha ajudado a descomplicar o uso destas opções de mobilidade, a utilizarem serviços via App sem receios de funcionamento e pagamento.  


Perante estes factos, penso que podem decidir qual o serviço que melhor se adequa à vossa necessidade.


 


Bons passeios :)


 

Uber: A Experiência (2ª Parte)

Sessão Teresa Noronha_ Isabel Saldanha Photograp


(fotografia Isabel Saldanha)


 


A vantagem da Uber começa com a sua atividade. Independentemente de toda a polémica a verdade é que a Uber elevou o nível do transporte de passageiros na cidade. Trouxe um serviço de excelência a uma área de atividade que bem precisava. Mas há mais.


 


Vantagens:


1. Face ao tradicional, foi a primeira entidade a disponibilizar o serviço de transporte de passageiros via App. 


2. Poder pedir um táxi sem que todos tenham de saber se que quem nos vai buscar é um serviço. 


3. Perceber se o taxista está a seguir o circuito mais próximo, que está a passar no smartphone que está no tablier do carro ou outro que é mais longo e logo mais caro;


4. Ter a certeza que a nossa opinião sobre a forma como correu o serviço tem aplicabilidade prática.


5. Pagar um preço muito menor por um bom serviço, que tradicionalmente não era atrativo.


 


A Melhorar:


1. Na minha experiência percebi que o GPS da aplicação não estava tão afinado como deveria. Sendo uma aplicação que lida com moradas, é bom que melhorem esta funcionalidade.


2. Era bom para o passageiro poder optar por outras formas de pagamento para além do registo de cartão de crédito e paypal.


 


E esta foi a minha experiência! Em breve farei a comparação, resultado das minhas experiências, entre a Uber e o MyTaxi.

Uber: A Experiência (1ª Parte)

Uber_2.jpg


(fotografia da internet)


Esta 5ª feira aproveitei o mau tempo e o facto de ter de fazer o mesmo percurso, no mesmo horário da experiência anterior com o MyTaxi para experimentar o serviço da Uber.


 


Senti que o facto de já ter utilizado anteriormente o MyTaxi ajudou, porque sabia melhor como funcionaria a App e o serviço.


 


Anteriormente já tinha instalado e criado um cartão MBNet para me registar, uma vez que para nos registarmos necessitamos de um cartão de crédito ou Paypal.


 


Cheguei ao mesmo local onde pedi o MyTaxi da vez anterior e pedi o Uber. O tempo de espera foram 4 minutos. Depois enviaram-me a marca do carro (era um Toyota) e a identificação do motorista. Passado mais um pouco indicram-me a matrícula do veículo e o contacto do motorista. Esperei, estive atenta e o motorista não aparecia. Verifiquei através da app que o motorista estava parado e liguei para ele. O motorista explicou que estava noutro lado da via, porque a indicação que tinha era que eu estava noutro local. Expliquei onde estava e o motorista voltou posteriormente a parar mais uma vez no local errado. Voltei a ligar e percebi que tinha parado perto, mas mesmo assim fora do local onde me situava e também fora de um local de acesso para mim. Estava a chover e a situação foi pouco simpática, mas lá seguimos viagem.


 


Correu tudo bem e tive uma excelente surpresa ao nível do preço no final.


 


Funcionalidades:



  1. Instalar a Aplicação;

  2. Registar os dados pessoais;

  3. Registar o método de pagamento: Cartão de Crédito ou Paypal;

  4. Permitir contactar a Uber para o momento atual e selecionar 3 tipos de serviços:

    • UberX: o mais simples e económico com onde está incluido o preço mínimo.

    • UberGreen: projeto piloto que arrancou em Lisboa e no Porto para oferecer uma alternativa de mobilidade 100% elétrica e livre de emissões de carbono;

    • UberBlack: motorista com frota de carros mais luxuosa do serviço UberX.




        Todas as opções indicam a estimativa de preço para o percurso.



  1. Permite ganhar descontos através da troca de recomendações de utilização da Uber entre amigos.

  2. Avaliação do motorista.

  3. No histórico aparece o valor que vai ser descontado na conta.


 


Considero que foi uma experiência normal mas teve um início atribulado. Se há algo de bom num dia de chuva acerca da utilização de um serviço de passageiros, é que nos venham buscar ao local e o facto de esta parte ter corrido mal, pautou a experiência negativamente. A melhor parte foi o valor a pagar. O carro não era espetacular mas o motorista era uma pessoa educada, e de acordo com o esperado dentro da situação, nada de particularmente diferenciador no trato.

My Taxi: A experiência (2ª Parte)

TeresaMyTaxi2.jpg


(Fotografia Isabel Saldanha)


Na minha experiência com a App MyTaxi, necessitei de algum tempo para avaliar as vantagens e diferenças deste serviço, face ao uso do Táxi tradicional.


 


Vantagens:



  1. Não ter de ligar para ninguém ou falar com alguém para pedir um táxi;

  2. Não ter de me deslocar até a uma “praça de táxis” para ter a certeza de que encontraria um Táxi vago;

  3. A limpeza e qualidade do Táxi;

  4. O facto de ter a identificação do condutor e o trato do condutor (já tive situações anteriores muito desagradáveis);

  5. Perceber que existe uma quantidade de serviços MyTaxi a que posso aderir, de acordo com a minha necessidade (Exemplo: Carro ou Carrinha, Animal de pequeno porte, ver funcionalidades no Artigo de Análise MyTaxi 1ª Parte);

  6. Poder escolher o modo de pagamento;

  7. Ter uma noção do tempo que falta para o Taxi chegar até ao pé de mim, o tempo esperado de duração do percurso e o valor aproximado a pagar pelo percurso;

  8. Poder agendar a viagem por marcação;

  9. Possibilidade de avaliar o serviço e o condutor;

  10. A App é muito apelativa em termos de imagem.


 


A Melhorar:



  1. Faz sentido nestas Apps mais elaboradas ter um pequeno tutorial, nada muito complexo, 2 ou 3 ecrãs com as principais funcionalidades e indicação das mensagens que é necessário receber de forma a garantir que foi concluída a ação.


 


Face ao tradicional é uma solução com a qual me identifico muito mais e que me vejo a usar.


 


Caso estejam interessados em utilizar, relembro que existe um desconto de 15,00 Euros que podem utilizar até ao final deste mês.


 


Na próxima semana irei utilizar a opção Uber para vos poder contar como correu e depois comparar a App e o Serviço.


 

MyTaxi: A experiência (1ª Parte)

Ontem aproveitei a necessidade de ter de me deslocar a grande velocidade à hora de almoço para usar uma das Apps de Taxis.


 


E como é que eu escolhi? Tentei usar as duas e na Uber deparei-me com uma dificuldade: não podia terminar o meu registo na aplicação sem registar um cartão de crédito ou paypal. Como já tive problemas de fraude com o cartão de crédito, decidi que depois trataria do paypal, mas na altura não dava.


 


Decidi assim que usaria o mytaxi.


 


Funcionalidades:



  1. Fazer download da aplicação disponível para: iPhone, Android, Blackberry e Windows Phone;

  2. Pede para se registar na aplicação, podendo para isso utilizar os dados do facebook ou introduzindo os meus dados.

  3. Pergunta se quer utilizar o pagamento pela aplicação e nesse sentido pede para registar um cartão de crédito ou Paypal, opções que eu cancelei.

  4. Pergunta se pode utilizar o sistema de localização. Confirmei a possibilidade de localização.

  5. Pergunta se pode enviar notificações, opção que eu recusei.

  6. No início apareceu um mapa com a minha localização e a indicação que o taxi chegaria com o tempo estimado de 1 minuto.

  7. Aparece disponível de forma automática a morada onde me encontrava;

  8. Aparece um campo para preencher com o endereço de destino. Preenchi a morada e a aplicação informou-me o tempo do percurso e o valor aproximado.

  9. Abaixo apareceu uma opção para selecionar a hora de recolha (para chamar), que eu preenchi com 12:30h

  10. Depois apareceu a opção “Detalhes da Reserva”. Aqui podemos selecionar as seguintes opções:



  • Condutor habitual;

  • Táxi de 5 estrelas;

  • Táxi tipo carrinha;

  • Viagem ao aeroporto;

  • Animal de pequeno porte;

  • Corrida de estafeta;

  • Táxi ecológico;

  • Cartão Multibanco (e aqui sorri de orelha a orelha);

  • Visa & Martercard


Selecionei: Condutor habitual + Cartão Multibanco


Selecionei em cima: Feito


E pensei, isto já está!


 


Ao 12:30h chego à rua e aguardo o mytaxi. Passou um minuto e eu pensei, se calhar isto falhou e o Táxi não vai chegar. Como é que eu sei?


Voltei à App. Selecionei um botão amarelo que diz: Chamar Táxi.


E de seguida apareceu a seguinte Mensagem: “Reserva táxi de forma vinculativa? Terá de confirmar este popup nas próximas 2 reservas.” Foi quando percebi que a minha reserva não tinha sido efetuada. Selecionei “Sim”


Apareceu então a indicação do Táxi que me iria buscar, com a marca e a fotografia e telemóvel do senhor condutor.


Perfeito e ainda me indica 1 minuto.


 


Em menos do minuto o Táxi estava ao pé de mim. Um Peugeot, alto de teto panorâmico, muito limpo e asseado. O condutor era um senhor de bom trato e de apresentação cuidada.


No tablier tinha o seu smartphone onde a app de condutor mytaxi estava a ser apresentada.


Mytaxi_2.jpg


(fotografia da internet)


 


Falamos sobre a App e o serviço MyTaxi e o condutor estava muito satisfeito. Gostava do target de pessoas e do modo de funcionamento. Identificava-se com o conceito e considera que resulta.


 


Como o Táxi não tinha vindo com a indicação que era necessário multibanco, perguntei se tinha, disse que não, mas logo se disponibilizou para passar no multibanco ou para eu pagar mais tarde através da aplicação (???) No local onde me deixava havia multibanco, pelo que esta não foi uma questão.


 


No final na aplicação, foi-me pedido para avaliar o carro e o condutor e caso pretenda indicar aquele condutor como o preferencial.


 


(Este post tem continuação...)

Uber ou MyTaxi: O Dilema da Mobilidade na cidade

Uber.pngMytaxi.png


 


Decidi fazer um estudo das Apps e Serviços Uber e MyTaxi.


 


Já fiz o download e irei nos próximos dias usar e partilhar convosco a minha experiência.


 


Admito, para inicio de conversa, que me inclino para o MyTaxi, porque sou purista. Porque embora ache que os Taxistas em Portugal têm um grande espaço para melhorar (mas largo mesmo, assim um espação), também acho que se me calha encontrar o Senhor do talho a conduzir o carro da Uber também vou estranhar.


 


Considero que existiam regras, até hà pouco bem definidas, que os senhores taxistas tinham um carro de determinadas cores, que tinham de ter (e têm) uma licença, que tudo isso lhe custou a pagar e a ganhar, para assim de repente tudo isto se desmoronar e qualquer pessoa poder inscrever-se como "parceiro" da Uber e poder levar as pessoas e trazer pela cidade, com carros "normais" (sem as ditas cores) e a preços muito mais acessiveis!


 


Posto isto, nos próximos dias irei falar sobre estas App e a minha experiência com elas pela cidade.(É um Sporting, Benfica, mas versão Apps de mobilidade). Vai ser espetacular... ou não, vamos ver.


 


E vocês já experimentaram estes serviços? Como é que correu? Têm alguma preferência relativa ao conceito de ambas as aplicações? Contem coisas e deixem as vossas opiniões.


 


 

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Outubro 2018

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

BlogsPortugal

Google Analytics